• LAPES

Começo de ano com publicações e avanços de pesquisa


Ano de 2020 começa com bons resultados de pesquisas sobre os rumos do ensino superior. A primeira das pesquisas, dissertação de Ruan Coelho, orientada por Flavio Carvalhaes, defendida no mestrado do PPGSA, lida com as expectativas e aspirações dos estudantes brasileiros. O foco nas desigualdades sociais como explicação para as diferenças de perspectivas é uma questão clássica da sociologia, renovada nessa pesquisa. Utilizando os dados do PISA 2015, Ruan mostra como a origem social tem impactos, diretos e indiretos, tanto nas aspirações de onde os estudantes querem chegar quanto nas expectativas de chegar objetivamente a esse nível. Abre-se um vasto campo para pesquisas sobre o valor da educação na sociedade brasileira e como esse valor orienta as práticas e as escolhas dos indivíduos. A apresentação e a dissertação estão disponíveis no site do LAPES.

A segunda pesquisa também é uma dissertação orientada por Flavio Carvalhaes, no mesmo PPGSA, de Diego Nunes. Trata da formação de professores no Brasil, tema essencial para as políticas na área de educação. Diego traça o perfil dos estudantes das licenciaturas no quadro da expansão e diversificação do sistema de ensino superior no Brasil. O trabalho confirma a tradição da pesquisa na área, visível na própria criação do INEP e destacada nos estudos de Simon Schwartzman, que indica a posição subordinada dos cursos de formação de professores no nosso sistema de ensino superior. Assim, como mostra a dissertação, pessoas com nível socioeconômico mais baixo, mais velhas e mulheres concentram-se nas licenciaturas, distribuindo-se respectivamente entre os cursos presenciais privados, a distância e ficando as mulheres nos cursos privados a distância. Temos aí também questões relevantes de pesquisa, particularmente pensando nos possíveis efeitos desses perfis sociais dos docentes e dos tipos de cursos por eles frequentados sobre a qualidade da educação oferecida no país. Como no caso anterior, a dissertação e a apresentação podem ser encontradas no site do LAPES.

Publicado em fevereiro último, o balanço da sociologia da educação feita no Brasil coloca em evidência a diversidade e a qualidade dos estudos dessa área no país, identificando as influências teórico-metodológicas e os avanços conseguidos, bem como o fortalecimento institucional no campo da ciência social. Também disponível no site do LAPES.

Com lançamento previsto para o próximo dia 24 de março, às 17 horas, na Sala da Congregação da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (sala 246 - Palácio Universitário da UFRJ - Campus da Praia Vermelha). o livro Práticas Inovadoras de Gestão Universitária, tem um capítulo de Eduardo Borges e Gabriela Honorato: Pesquisas e práticas em acompanhamento de egressos: discutindo democratização do sistema e gestão de instituições de ensino superior.

46 visualizações
  • Grey Facebook Icon